Karla Duarte

Bio

Leve-a para ver o mar, a lua. . É ali, num lugar que é dela e só dela onde se desfaz da carapaça e a imensa infinidade de seus sentimentos/pensamentos respiram aliviados. E ai você vê como, apesar da aparente rigidez absurda, é inteiramente feita de água salgada. Pode ser de mar, pode ser de lágrima.

Latest Insta posts

Current Online Auctions